Carregando...

(51)3715-4829(51)98145-0420Av. do Imigrante, 455 ● Santa Cruz do Sul - RS
Início Entrar Cadastro EQUIPAMENTOSINSUMOSACESSÓRIOSCERVEJAS Blog Quem somos Contato Carrinho [0]

CERVEJA – Famílias e Estilos

Famílias e Estilos de cervejas. Descubra qual sabor mais lhe agrada. Notícias

O Brasil ocupa o 17º lugar entre os países que mais consomem cerveja mundialmente. Enquanto as cervejas industriais tiveram uma queda de 20% no consumo e consequentemente na produção, as cervejas especiais tiveram alta de 36%.

Mas você conhece os diferentes tipos de cerveja?




As cervejas se caracterizam por suas famílias e estilos. Para acabar de vez com as dúvidas vamos falar um pouco sobre cada família e estilos de cerveja. São três famílias que se diferem pelo tipo de levedura (fermento) que utilizam e sua atuação durante o processo:


Família LAGER

São as cervejas de baixa fermentação.

Na sua grande maioria são estilos de cervejas mais leves e claras, mas também temos dentro dessa família uma grande variedade de cores, aromas, potência de corpo e complexidade.

 

Algums exemplos de estilos da família Lager:

Pilsen: estilo de cervejas douradas, brilhantes, quem apresentam leve amargor. Estilo original

da cidade de Pilsen na Rep. Tcheca. Exemplo: Wäls Bohemian Pils (Belo Horizonte, MG).

Schwarzbier: estilo de cervejas escuras feitas a partir de maltes torrados. Possui aromas estonteantes de torrefação, que lembram chocolate, café e cacau. Apresenta baixo para médio corpo e de paladar seco ao final. Exemplo: Eisenbahn Dunkel (Blumenau, SC).

Bock: estilo de cervejas em sua maioria avermelhadas, mas temos as versões claras (Heller Bock) e também escuras (Dunkler Bock). Apresentam aromas maltados, médio corpo e teor alcoólico superior a 6,3%. Exemplo: Bierbaum Bock (Treze Tílias, SC).


Família: ALE

São as cervejas de alta fermentação.

Geralmente possuem maior corpo e de paladar frutado. Mas os seus gostos e aromas são os mais variados.

 

Alguns exemplos de estilos da família Ale:

Weizenbier ou Weissbier: cervejas de trigo típicas Bavária, região mais ao sul da alemanha.

Na sua grande maioria são não filtradas, mas também existem as versões filtradas e também a versão bock (Weizenbock) desse estilo. Exemplo: Colorado Appia (Ribeirão Preto, SP).

Stout: estilo de cerveja típico do Reino Unido e Irlanda, a marca mais conhecido é a irlandesa Guinness. Apresenta aromas e sabores de torrefação, e dependendo da variante do estilo (Dry Stout, Foreign Extra Stout, Oatmeal Stout, American Stout, Russian Imperial Stout)

ela pode ter baixo ou alto corpo. Exemplo: Bierland Imperial Stout (Blumenau, SC).

Dubbel: estilo típico belga, de coloração marrom, desperta aromas frutados, médio e corpo e equilibrado sabor. Exemplo: Wäls Dubbel (Belo Horizente, MG).


Família: LAMBIC

São cervejas de fermentação espontânea. De paladar bem distinto a sensação de bebê-las lembra em muito a de um vinho espumante. São originárias da região de Leembek na Bélgica.

 

Exemplos de Lambics:

Faro: cerveja lambic com adição de açúcar.

Geuze: blend de cervejas lambic.

Kriek: cerveja lambic com adição de cerejas durante o período de maturação em barrica.

Essas cervejas em quase sua totalidade são belgas, não sei se existem produtores nacionais fazendo essas cervejas, portanto irei citar algumas cervejarias daquele país:

Faro: Liefmanns Faro

Geuze: Geuze Boon Mariage Parfait

Kriek: Mort Subite Kriek


Outras Famílias

Famílias híbridas, que envolvem a mistura de diferentes processos.

Dentro de todas estas famílias temos uma grande variedade de estilos e dentro dos estilos uma infinidade de rótulos tanto de cervejas importadas como nacionais. Para a nossa sorte não precisamos mais ficar presos a somente um marca ou estilo de cerveja!



Bem, agora que você já conhece os diferentes tipos de cerveja, precisa saber com quais comidas elas mais combinam. Mas isto é assunto para o próximo post. Acompanhe! Até mais!

Voltar ao blog
Tecnologia FilialDigital